24 de fevereiro de 2013

Será que é uma estrela?







 


Olha, será que ela é moça, será que ela é triste, será que o contrário...

Acho que Bia, nos seus 14 anos, ainda não sabe da beleza da canção “Betariz”, de Chico Buarque, ídolo do pai, que a mãe também ama. Ela ainda curte as músicas que traduzem seu universo de adolescente, em tempos de redes sociais e de vampiros e zumbis. Mas a canção será ouvida, um dia, por ela, e seus olhinhos falantes dirão da emoção que haverá de sentir.

Olha, Será que ela é de louça, será que é de éter...

De que mundo veio essa criança que se emociona e chora com música clássica – eu me perguntava quando Bia era ainda bem pequenininha, e enchia os olhos de lágrimas, ainda sem saber traduzir o impacto das músicas em sua alma sensível. O ligeiro estrabismo que possuía, e que as lentes corrigiram, tinha, pra mim, um significado profundo. Era evidente que concentrava o olhar no mundo invisível, e isso explica por que, certa vez, contornou – com as mãos distantes – o que seus olhos enxergavam em torno do corpo de uma visita. Via, certamente, um campo de luz que não podíamos ver. E, curiosa e perspicaz como sempre foi, levou a mãozinha para descobrir e tocar o mistério recém-descoberto.

Se ela mora num arranha-céu, e  se as paredes são feitas de giz...

Escolher o nome de alguém é tarefa muito séria, eu acredito. Certamente a mãe e o pai sabiam o significado do nome “Betariz ("aquela que traz felicidade", da palavra beatus, que significa "bem-aventurada", "abençoada", "feliz"). Não sei até que ponto o nome influencia na personalidade, mas acredito, sim, que exerça alguma influência. Só não sei se Bia traz felicidade porque seu nome a influenciou, ou se recebeu esse nome porque os pais pressentiram que ela traria  tanta felicidade a todos nós. Verdade é que ela é a cara da alegria, e quando sorri todas as nuvens se dissipam, a vida fica mais bonita e o sol estende seus raios sobre todos em sua volta.

Sim, me leva pra sempre, Beatriz, me ensina a não andar com os pés no chão, para sempre é sempre por um triz, ai, diz quantos desastres tem na minha mão, diz se é perigoso a gente ser feliz...

Quando o tempo passar, Bia, e você já for uma adulta, ouve essa canção tão bela e descobre sobre Chico, Dante e amores intangíveis. Descobre, sobretudo, sobre a emoção de ter encontrado você e de ter achado que vale a pena esperar a hora de seu sorriso, que faz da vida uma festa!



                



12 comentários:

artevidartesa disse...

A vida é rasa,ofereço-lhe um par de asas!Beijos no coração!

Assis Freitas disse...

a vida vale a pena por esses instantes,



beijos

Anônimo disse...

Bia é uma estrela e a tia é a constelação. beijos Eleuza

José Carlos Sant Anna disse...

Puxa, Tania, procurei algumas palavras para dizer-lhe o quanto está bonita essa declaração de carinho e afeto e não as achei. Por isso, digo com simplicidade o texto está muito bonito.
Bia é uma moça predestinada mesmo!
beijoss,

Ira Buscacio disse...

ah, minha Taninha, como o amor é capaz de tanta beleza!

é uma estrela! o sorriso não nega o brilho
bj, meu, minha queridona

Primeira Pessoa disse...

sim,
é uma estrela.
uma estrela de sorriso luminoso.

beijão,

r.

Tatiana disse...

Bia é estrela e Tânia é observadora perspicaz, dessas que tem olhos de contemplar e voz de dizer.

eurico portugal disse...

do que vale a pena levar para sempre, para dentro do tempo. eis o sorriso-milagre que afaga e define.

beijo, taninha!

Eleonora Marino Duarte disse...

ô Tanita, que bela narrativa sobre o afeto...

sei bem a emoção que é o sorriso dessa gente nossa, que nasceu para nós.

comovente.

um beijo.

dade amorim disse...

Maravilha, Tania! Amo essa música, e na certa Bia vai amar também.

Beijo grande.

Cris de Souza disse...

Sim sim salabim! Beatriz só pode ser estrela de primeira grandeza, inclusive reluz uma em meu universo- minha irmã assim se chama.

E Chico é uma constelação por si só.

Outro beijo!

Sônia Brandão disse...

Procuramos por estrelas no céu, mas muitas vezes elas se encontram aqui pertinho de nós com todo o seu brilho.
Esse sorriso lindo e esse amor que você demonstra valem por uma constelação.

bjs