29 de setembro de 2013

Porque amar faz jardins





Desafio Poético com Imagens - Foto: Duane Michals





No sono vazio
Feito de anseio
Duplicata a vencer
Pernas bem torneadas
Mulheres sem rosto
O amassado do carro
A pelada na areia:

Uma cabeça pesa
Sobre a mesa da sala
E é só, mais nada!

Quando ela chega
Ao coração cerebral
E faz tremores nos olhos
E altera o ritmo da respiração
As flores da primavera abundam
Qualquer um pode ver e sentir
Que um amor lançou brotos
E um jardim se agiganta
Sobre o sono corrompido
E o amor expulsou o ordinário
Dos sonhos rasos que ele tinha
Fez jardins na aridez dos sonhos
Que só duplicam a vida desperta..

7 comentários:

Assis Freitas disse...

faz jardins, floresce, viceja
o amor é sempre antídoto


beijo

Lu Cidreira disse...

Acho até que é por que a primavera se faz inspiradora.
Bom ler e rever seu blog.
Abraço

José Carlos Sant Anna disse...

E de repente se descobre deus enleado pela melodia do amor. Para acabar de enlouquecer, só falta o corpo tremer... (rs)!
Beijos, minha querida Tania,

Ira Buscacio disse...

Taninha, o título é mt sua cara, beleza pura
Vc é msm um grande jardim, um lugar cheio de cores e generosidades, onde a gente nem precisa tocar pra saber que é de verdade.
bj gigante e minha saudade

Primeira Pessoa disse...

Pedra, espinho e flor.

jorge pimenta disse...

fazer jardins na aridez dos sonhos - haverá imagem mais perfeita para aquilo que nos move, taninha?

beijo meu!

Cris de Souza disse...

Quando os jardins não brocham eles desabrocham...