13 de maio de 2013

Redemoinho






A morte faz
um redemoinho
de silêncio
na algazarra da vida.

5 comentários:

Assis Freitas disse...

a morte é inelutável



beijo

Suzana Martins disse...

silêncios doloridos...

Joelma B. disse...


plágio feito alma penada

o silêncio
faz-se
algazarra
de mortes
no redemoinho
da vida


beijos, musa de musas!

José Carlos Sant Anna disse...

E o pior é que a morte sabe que vive!
beijoss, Tânia!

eurico portugal disse...

e morremos... nem sempre vivemos. ai, os redemoinhos...