7 de março de 2013

Abismo horizontal



 Arte: Matteo Pugliese


o universo
de concreto
me estreita.

não há saída
só o abismo
horizontal:
dou o salto.

6 comentários:

cirandeira disse...

Quem sabe do caos surja um novo horizonte...!?

beijoss, Tânia

Primeira Pessoa disse...

verticalize, poeta.
esta é (sempre) a melhor opção.

beijoca do
r.

Mar Arável disse...

Tudo se move

Assis Freitas disse...

em salto me dôo,


beijo

dade amorim disse...

Melhor o salto, Taninha!

Beijo beijo.

eurico portugal disse...

o salto e todos os infinitos dentro dos pés.

bela sequência a partir da imagem; acabo de a descobri-lo, como mote e inspiração, no transfigurações da jô; agora em tons violeta. é o desafio interpoético de que falavas, verdade, taninha?

beijos meus!