1 de janeiro de 2014

Canto original: lições de um Mestre Passarinho




Oráculo Poético com Imagens - Previsões 2014 (Imagem da web, escolhida por Joelma Bittencourt)


cala-te e ouve-me:

estreita
o canto
entre as
mandíbulas:
volatiliza!

evita o soar
de peito aberto.

é no sussurro
do breve piar
que o pássaro refaz
cada amanhecer.

sopraninos
estilhaçam cristais
espargem estrelas    
nos voos às terras
infinitas, de onde
só voltam os
pássaros de fogo.

fecha o bico, que de silêncios
são feitas sublimes melodias
e do espaço íngreme da garganta
virá potente o canto original.

Canta cadenciado – suave.

É teu o espaço azul: vai e voa!


6 comentários:

José Carlos Sant Anna disse...

Vai e voa, Tania, como o pássaro, e volta trazendo mais melodias tão sonoras quanto esta que nos brinda no primeiro dia do ano.
Beijos,

Assis Freitas disse...

voa
voo
vou


beijão

jorge pimenta disse...

revoada de sons, tons e silêncios - assim se faz a verdadeira poesia e os céus que a habitam.

beijinho, taninha!

Ana Cecilia Romeu disse...

Taninha,
dando um tempo no sol da praia e chego aqui e tem mais sol! :)
E um céu azul coberto de eternidades... em reticências e grandes inspirações.

Pois que o voo seja leve e divino como tudo que nos move o coração.

Grande beijo!

meus instantes e momentos disse...

gostei daqui...

Ira Buscacio disse...

o teu espírito, alado, é lindo de se tocar. minhas asas crescem sempre que te leio, isso é poesia.

bjão, minha querida passarinha