30 de julho de 2013

Devotos da Noite



Desafio Poético com Imagens - Arte: Daunhaus

Libertos da luz
que falseia as formas,
espectros veneram
a Virgem Escarlate
no Templo da Escuridão.


5 comentários:

Fred Caju disse...

Levei você pra lá: http://cronisias.blogspot.com.br/2013/07/a-danca-no-movimento-pendular-do-tempo.html

José Carlos Sant Anna disse...

Belíssimo poema, Tania. A imagem deste corpo a corpo como resposta à provocação do verso inicial constitui um convite à decifração da Virgem.
Beijos, Tania,

Assis Freitas disse...

tão prenhe de sombras




beijo

jorge pimenta disse...

entre a luz e a sombra: não sei se responda ou se pergunte...

beijo, taninha!

Ana Cecilia Romeu disse...

Gerar-se em infinito, conceber formas de si mesmo em todas intempéries.
Lembrei-me da força do Universo-feminino, e que força...

Beijos, Taninha!