14 de março de 2013

Evocação



esse canto
da mãe
dentro
do filho:

estribilho
do mar
refrão antigo
para a saudade.

15 comentários:

Eleonora Marino Duarte disse...

que lindo!!!!!!

Márcia Luz disse...

Tânia

Perfeito para o dia da poesia, esta às vezes tão esquecida, mas que se encontra lá, dentro do filho, ecoando-se de algum modo nas águas do mar.

Assis Freitas disse...

oh que lindo estribilho,


beijo

Lu Cidreira disse...

Belo suave como a brisa do mar.
Paraniso a todos que da poesia faz seu dom, feliz dia da poesia.
Abraço

Ira Buscacio disse...

que coisa imensa, essa imagem do canto da mãe dentro do filho! como se eles pudessem gerar as mães e depois pari-las. pensando bem, Taninha, é o que acontece, pq na gravidez, ambos sofrem o processo de crescimento, transformação e mutação. depois, mãe e filho são paridos ao encontro de novas vidas. Adorei!
e o mar... ah, o mar! meu eterno amado
bj, menina tão querida minha

marlene edir severino disse...

Canto do mar feito estribilho
toca nas profundezas
num tom de saudade

Lindo, lindo, Tania!

Beijo!

(* esta foi a terceira tentativa de comentar, se sair duplo, peço que exclua. Espero que desta vez vingue)

Joelma B. disse...

que belo refrão!!!

beijo, poeta querida!!

eurico portugal disse...

esse canto da mãe dentro do filho: há linguagens que não se aprendem ou compreendem; porque são - e nós com elas.

beijo, taninha!

José Carlos Sant Anna disse...

Ah! esse mar de tantas memórias e saudades!
beijos, Tania.

Primeira Pessoa disse...

o mar cabe dentro da concha.
mistério maior, só o da mãe que vive dentro do filho.

beijo pão-de-queijo, mineiramente
r.

cirandeira disse...

O cordão foi rompido mas o laço entre esses dois seres permanecerá,
mesmo quando lançados no mar do Inconsciente. Esse mar cheio de mistérios surpreendentes!
Belíssima evocação, Tânia!!!

beijoss

Lu Cidreira disse...

Errata: Onde se ler paraniso, leia-se parabenizo.
Abraço

AC disse...

Há elos que nunca se quebram.
Sempre bem, Tânia!

Beijo :)

Adri Aleixo disse...

Coisa mais linda de ver e sentir...
Beijos mil!

Cris de Souza disse...

Um canto e tanto!!! Pude ouvir com clareza....