6 de julho de 2012




Amigos: como já estava previsto, o ciclo de entrevistas no Roxo-violeta encerra-se aqui. Agradeço a todos aqueles que possibilitaram esses encontros lúdicos, os aprendizados, as descobertas preciosas sobre cada alma, cada ser.

Abraços,
Tãnia

9 comentários:

Sandrio cândido. disse...

Tudo finda um dia, mas permanece as palavras tão belas, as sementes deixadas por tantos entrevistados aqui...

Um abraço Tânia.

cirandeira disse...

Tânia, creio que o agradecimento é
recíproco, aliás, nós é que temos
muito a te agradecer por tua generosidade, despojamento e abertura para todos! Afinal de contas, encontrar pessoas semelhantes a ti, na blogosfera, é
muito raro. Esse ciclo se fecha para que outro recomece, se renove
e floresça através de outros solos
e novas sementes!
Tua iniciativa de agregar pessoas,
de trocar ideias, é algo realmente muito salutar nesses tempos onde o
individualismo e as vaidades pessoais contaminam e prejudicam
como uma erva daninha as relações
humanas.

Um grande abraço carinhoso!

Jorge Pimenta disse...

taninha,
as entrevistas terminam aqui, mas as palavras, a sensibilidade, o pensamento, a poesia, a partilha que aqui, em interação contínua e abrangente, asseguraste, essas permanecem.
uma das iniciativas mais extraordinárias que acompanhei na blogosfera, estas tuas entrevistas.
e agora, venham as tuas palavras. cá estaremos à espera.

beijinho grande!

Jorge Pimenta disse...

taninha,
as entrevistas terminam aqui, mas as palavras, a sensibilidade, o pensamento, a poesia, a partilha que aqui, em interação contínua e abrangente, asseguraste, essas permanecem.
uma das iniciativas mais extraordinárias que acompanhei na blogosfera, estas tuas entrevistas.
e agora, venham as tuas palavras. cá estaremos à espera.

beijinho grande!

Bípede Falante disse...

Querida Taninha, ter participado das suas entrevistas foi uma das grandes alegrias que tive no ano passado tanto como entrevistadora como entrevistada. Conheci melhor muitos blogueiros, outros pontos de vista, outros processos criativos e conheci, acima de tudo, você, sempre tão afetuosa e tolerante com nossas falhas e limitações. Obrigada por ter me incluído nesse projeto inesquecível e admirável.
Você é o máximo!!!!
Beijosss

Graça Pereira disse...

A vida é feita de vários ciclos...uns fechando-se e outros, abrindo-se...É assim que crescemos!
Mas neste espaço houve uma qualidade que imperou: a tua generosidade!
E isso, eu tenho a certeza que vai continuar na próxima etapa.
Beijocas e bom fim de semana.
Graça

Primeira Pessoa disse...

taninha,
ter participado desta sua iniciativa que serviu (e ainda serve) para congregar e amalgamar sentimentos bons, foi uma das grandes alegrias que tive, até aqui.

a gente ja se amava tanto, eu sei.
mas seu gesto de generosidade e desprendimento deu pra mim, maninha querida, um tantão de saúde e transbordou bem-querer...
um dia pago com juros e a devida e justa correção.

tomara que você volte.
seu jeito de amar as pessoas nos dá relevância.
e nos aponta o caminho.


beijo carinhoso do

roberto.

Joelma B. disse...

Foi muito bom ter participado, Tânia...

tua iniciativa, em prol da poesia, é uma das que merece respeito... parabéns!

Beijinho!

Por que você faz poema? disse...

E eu que ainda
esperava ver
tanta gente
ser entrevistada...