4 de agosto de 2010

Dádiva

...e quem por aqui já não sabe que considero a Poesia o melhor presente do mundo? A Poesia é uma dádiva. E como tal, para recebê-la é preciso um espaço arejado dentro de nós. É necessário vasculhar as gavetas, tirar de lá o que já não nos serve, e ficamos mais soltos, elevamo-nos um pouco mais quando abrimos a porta para a Poesia entrar. Nesse exercício, ficamos mesmo mais leves. A vida, desimpedida, flui... A dádiva veio de Assis Freitas, entre os prometidos mil e um poemas, que espero se multipliquem. O blogue já é caminho certo para tantos de nós, catadores de pérolas (http://mileumpoemas.blogspot.com/). Ler Assis diariamente já faz parte do nosso dia-a-dia . Obrigada, Assis...

Fantasia para tons em sépia e violeta

p/ Tania Regina Contreiras


Tenho tentado seguir a rota dos rouxinóis

Acalentar as violetas e os presépios roxos

Transformar esta areia em precioso castelo


Mas sempre sopra o vento da inconstância

E desses mistérios rotos de todos os dias

Cumpre-se dar a forma de gesto em desafio


Por em retalho a fantasia que se incendeia

Transmudar a pele que recobre o imaginário

Ouvir em cantilena e suspiro o rugido do raio

(Assis Freitas)

32 comentários:

Bípede Falante disse...

Tania, a sua sintonia com a poesia está à flor das suas palavras aqui no seu blog e quando você comenta posts nos nossos.
Lindo poema você recebeu :)
Vou visitar o blog do seu amigo.
bj.

Francisco de Sousa Vieira Filho disse...

Apre[cia]do lá e cá...

ju rigoni disse...

Tania, que belo presente. Belo, não. Belíssimo!

Bjs e inté!

Leonardo B. disse...

[urgente, é a equação e o resultado da própria poesia, tal como a "respira" Tânia]

Um imenso e incondicional abraço, Tânia

Leonardo B.

lucidreira disse...

Fico um pouco frustrado por não saber poetizar, mais assim mesmo disfruto de muitas palavras, frases e paragrafos em forma de poemas para alimentar a alma do que não sei fazer. Ficamos realmente mais leves e flui uma espécie de alimento da alma.
Abraço

Marcantonio disse...

A sua sensibilidade, Tânia, é uma referência para todos nós. E ela acaba de ser homenageada à altura. Você definiu bem, dádiva, belíssima oferenda, digna e sincera, que me impressionou e comoveu. Define uma atitude diante da vida que a maestria do Assis expressa de maneira profunda.

Parabéns aos dois!

Abraços.

Denise Scaramai disse...

Tania, que lindo o poema!!
e linda imagem que vc escolheu...

um abraço forte!

Gerana Damulakis disse...

Escrevi lá, no Mil e um poemas, que Tania merece um poema em cores.

Se poeta fosse, também escreverei para vc que, na blogosfera, é tão querida.

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

A POESIA SE REVELA EM TODOS OS CAMINHOS DA VIDA, NA DOR E NA AGONIA, NO BELO E NO TERROR, NO ÁCIDO E NO LEVE

Jorge Pimenta disse...

li-o no mil e um poemas; deixei lá um comentário que gostaria de replicar aqui, o espaço próprio da homenageada. permite-me, pois:
"mistérios rotos, quem os não tem? resta-nos seguir a rota dos rouxinóis e mergulhar nos olores luxuriantes das flores que em tons roxo e violeta metamorfoseiam a pele e tudo quanto reveste.
essa magia sabe almiqui-la a tânia... e tu, amigo assis.
um abraço!"
um beijinho, tânia!

Mgomes - Santa Cruz disse...

Oi Tania; Lindo o teu post, o poeta escreve sobre os caminhos da vida nas suas dores e nas suas alegrias, eu assim faço, porque costumo dizer que escrevo tudo oque sinto e oque vai na minha alma e no meu coração.
Um beijo
Santa Cruz

Zélia Guardiano disse...

Parabéns, Tania Regina!
Parabéns Assis!
Homenagem mais do que merecida e o Assis sabe como fazer...
Abraços repletos de carinho para os dois!

Neuzza Pinhero disse...

Tania

hoje uma terceira violeta lançou pétalas aqui em casa. Daquelas roxas, crespinhas, toda encolhida de frio.
Grata pela passagem leve no meu Spirituals

Sílc disse...

Tania Minha Flor, coisa linda é poder ler "Por em retalho a fantasia que se incendeia... Ouvir em cantilena e suspiro o rugido do raio" Presente lindo de se receber e mercido! Poema transformado em arte!
Com carinho,
Sílvia

Chorik disse...

Lindo presente, tem toda a razão de estar contente. Lindo também o seu blog, as cores, os motivos, os textos e ilustrações, tudo de uma energia ímpar. Eu adoro roxo-violeta.
Abs

Tania regina Contreiras disse...

Bípede...amo Poesia! Já houve tempo em que escrevia muito. Acho que hoje travei, mas continuo amando os nossos poetas.
Beijos

Tania regina Contreiras disse...

Francisco, dose dupla! es
Beijão

Tania regina Contreiras disse...

Ju, ah, também acho muuuuitoooo belo!
Beijos, amiga!

Tania regina Contreiras disse...

Leonardo, tua presença é sempre festa, amigo!
Abraços,
Tânia

Tania regina Contreiras disse...

Lu, vc pode não poetizar, mas sabe como ninguém selecionar aquilo que precisamos ouvir. Gosto muito das tuas escolhas.
Beijos

Tania regina Contreiras disse...

Marquinho, adoro Poesia, acho que isso é visível. Às vezes fazem (as poesias, os poemas) uma revolução dentro de mim!
Beijos, querido

Tania regina Contreiras disse...

Denise, obriaga pela presença aqui, querida. Grande beijo.

Tania regina Contreiras disse...

Gerana, o que vc faz ...faz bem como ninguém, admiro muito você!
Beijos

Tania regina Contreiras disse...

Ediney...TUDO que se faz POESIA brilha...
Beijos, menino

Tania regina Contreiras disse...

Obrigada, Jorge...Tua presença aqui é muito bem-vinda!
Beijos,

Tania regina Contreiras disse...

Santa Cruz, se deixamos a alma falar, cedo ou mais tarde...vem poesia!
Beijo grande, amigo

Tania regina Contreiras disse...

Zélia, beijão pra ti, minha querida!

Tania regina Contreiras disse...

Neuza, quando uma violeta se abre...nossa, é sempre um momento de festa para quem gosta delas!
Beijos

Tania regina Contreiras disse...

Silvia, beijinho e grata pela sua presença carinhosa!

Tania regina Contreiras disse...

Chorik, somos duas, adoro todos os tons violáceos!
Beijinho, amiga

Maria Emilia Xavier disse...

Amiga, linda homenagem a ti, que distribui tanta atenção e ternura a todos. Mereces sempre.

Tania regina Contreiras disse...

Ó, Maria Emmília, obrigada pelo carinho.
Beijos