27 de julho de 2010

A força da vida


Essa foto é do sensível artista Ruy Rezende, baiano, que fotografa, na Chapada Diamantina, flores, pássaros, borboletas, mas também denuncia, em seu trabalho, as queimadas, a destruição do meio ambiente.
Descobri essa foto entre tantas, na última exposição em que fui, e foi de todas a que mais me chamou a atenção. Um broto nascendo em uma árvore queimada, morta, parece-me muito siognificativo. É a poesia do renascer, a morte engendrando a vida, a esperança que brota das cinzas. Apreciem me digam o que sentem.




56 comentários:

Andrea de Godoy Neto disse...

Tânia, que linda essa foto! Fiquei com um nó na garganta ao ver esse tronco queimado, e dele a vida brotando no seu interminável ciclo.
"Interminável" desde que nós não terminemos com ele...

bom que tu voltou =)

beijos

CAROLINA CAETANO disse...

Um concreto símbolo de fé na natureza, uma ciência poética num tronco. Lindo. Bela imagem, bela foto, grande reflexão.
Um beijo, Tânia!
Carolina.

sinfonia disse...

Fantástica esta foto.O seu
blogue está lindo, lindo!!!
Beijinhos/Irene

Zélia Guardiano disse...

Simplesmente demais, Tania querida!
Foto maravilhosa !
Texto maravilhoso!
Concordo com você! Vi na imagem todos os significados que você viu... Só não conseguiria traduzir, tão lindamente, escrevendo...
Enorme abraço, amiga!!!

AC disse...

A capacidade de renovação é imensa, profunda...
Só que tem um ritmo próprio, insensível à nossa vontade de tudo ter na hora. E, na ordem natural das coisas, os ciclos cumprem-se muito para além do conceito egocêntrico da vida humana.
A capacidade de renovação é imensa, profunda, e nós ainda não conseguimos assimilar a noção de tempo que leva a essa percepção...

Beijo

Costea disse...

Uma excelente foto.

Jorge Pimenta disse...

as raízes da vida brotam sobre a superfície, por mais inóspita que seja; têm, apenas, de sentir coragem para rasgar, mesmo que o sangue teime em jorrar... belíssima!
um beijinho!

Assis Freitas disse...

a força que a natureza tem na sua explosão de vida,

beijo

Wania disse...

Tânia

Lembrei-me de "A neve e as tempestades matam as flores, mas nada podem contra as sementes" Khalil Gibran


Linda foto, mais linda ainda é a força que ela traduz!

Bjs, minha amiga querida!

Bípede Falante disse...

A natureza tem uma sabedoria que não alcançamos e uma criatividade, de verdade, transformadora :)

Ribeiro Pedreira disse...

"quando tudo está perdido, sempre existe uma luz"

lucidreira disse...

Realmente a sensibilidade do fotografo, e a reação da natureza deixa-nos perplexos! Nós temos que ser sencíveis as complexidade que a natureza oferece aos nossos olhos, para ser um bom fotógrafo é claro!
Fantástico.
Abraço

Lara Amaral disse...

Linda foto mesmo, Tania, de muita sensibilidade. O olhar captou a cor no meio das cinzas. Quanta vida deixamos se perder por acharmos que tudo está acabado, né? Aqui o artista percebeu o que ainda insistiu em brotar.

Beijos.

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

nasci na Chamapada Diamantina, esssas imagens fazem parte de algumas lembranças minhas...

Maria Emilia Xavier disse...

É a natureza mostrando a sua força através do espetáculo do perdão - ao terror e a dor que sentiu - com o milagre da vida...

Maria Emilia Xavier disse...

Fiquei tão envolvida com a foto que esqueci de te dizer que sua "caixinha" para guardar as coisas lindas que crias e os belos assombros que tem pela vida a fora, está linda e muito acolhedora.

Mgomes - Santa Cruz disse...

Tánia: Linda foto sempre há um broto ou rebento que de uma forma ou outra sempre vai nascendo são coisas lindas da natureza.
Um bejo
Santa Cruz

Mar Arável disse...

O renascer das cinzas

Belo

Sandrio cândido. disse...

SEM SER ESPIRITA digo " a vida continua" ainda que seja em meio ao fim e as cinzas.

Machado de Carlos disse...

“Um broto nascendo em uma árvore queimada, morta, parece-me muito significativo. É a poesia do renascer, a morte engendrando a vida, a esperança que brota das cinzas. Apreciem me digam o que sentem.”

É o reinício da própria vida!
Parabenizo-lhe pelo texto que tanto vangloria a vida da Terra. O ar que respiramos.

Beijos!...

Primeira Pessoa disse...

é o que chamo do olhar, além do olho.

lindo, taninha.

Tania regina Contreiras disse...

Oi, NAdreia, é fantástica a força da vida, não? A foto ampliada tem um impacto ainda maior. Beijinho pra ti!

Tania regina Contreiras disse...

Olá, Carolina...É a Poesia da natureza que a sensibilidade do fotógrafo soube captar. Beijinho,

Tania regina Contreiras disse...

Sinfonia...olá! Obrigada pela presença, que bom que gostou, apareça sempre.
Beijos

Tania regina Contreiras disse...

Oi, Zélia, acho que a imagem fala sozinha, nem precisava de texto, mas, enfim...Obrigada, querida, pela presença!
Beijos

Tania regina Contreiras disse...

Ac, é sim, a capacidade de renovação, a vida pulsando, é fantástico! Grata pela presença.
Beijos

Tania regina Contreiras disse...

Costea, obrigada por vir, grande abraço!

Tania regina Contreiras disse...

Jorge, é isso mesmo, basta a coragem e a vida é possível sempre. Beijos pra ti!

Tania regina Contreiras disse...

Assis, vida explodindo: isso é o máximo, não?
Beijo, meu amigo!

Tania regina Contreiras disse...

Wania, bem lembrado o Gibran, é isso mesmo! Obrigada pela presença, beijos...

Tania regina Contreiras disse...

Bípede, a gente tem sempre muito a aprender contemplando a Natureza, né?
Beijão

Tania regina Contreiras disse...

Ribeiro, é verdade, a luz no fim do túnel, o verde nas cinzas!
Beijo, amigo!

Tania regina Contreiras disse...

Lu, o fotógrafo é de uma sensibilidade enorme. Essa e outras fotos da Natureza mostram isso.
Abraços, amigo!

Tania regina Contreiras disse...

Lara, sim, é real, desistimos muitas vezes diante das cinzas, mas eis que a vida tem força sempre...
Beijão

Tania regina Contreiras disse...

Maria Emília, obrigada, querida, a casa é nossa, venha sempre...
Beijos

Tania regina Contreiras disse...

Ediney, você, que é da Chapada, bem sabe quantas maravilhas há ali, não é, menino? Lindo aquilo tudo...
Beijos

Tania regina Contreiras disse...

Snata Cruz, obrigada, querido, pela presença. Há brotos o tempo todo, nem sempre conseguimos ver, né?
Beijo

Tania regina Contreiras disse...

Mar arável...como a Fênix, não é?
Beijo

Tania regina Contreiras disse...

Sândrio, nem é preciso ser espírita...Dizem que no passado, os homens que se dedicavam à agricultura se espiritualizaram...passaram a crer que a vida continua sempre...enquanto os que se dedicaram à caça seguiram outro pensamento, de que a vida findava com a morte. Fácil de entender: é só olhar a foto! Obrigada pela presença!

Tania regina Contreiras disse...

Machado, vale o refrão da música: é a vida, é bonita, é bonita e é bonita!
Beijão

Tania regina Contreiras disse...

Roberto, bom te ver por aqui sempre...
Beijão

Fouad Talal disse...

E ainda existem pessoas que não acreditam em milagres. Basta ter olhos de ver...

Grande beijo!

Gerana Damulakis disse...

A foto é realmente incrível, diz tanto.

Marcantonio disse...

Tânia, concordo com Mar Arável: flora-fênix. Poema visual da esperança contra os nossos excessos e desvarios. A vida tem escapes e uma pujança que escapam a nossa compreensão. Também costumamos vê-la surgir de frestas quentes no meio do concreto frio. Também lembrei do artista Franz Kracjberg. Curiosamente, na praia de Tambaba, na Paraíba, vi um coqueiro que cresceu sobre uma rocha quase dentro d'água. A vida e sua força.

Abraços.

Silenciosamente ouvindo... disse...

Minha amiga obrigada pelas suas
palavras no meu blogue.É triste
que a área da saúde esteja a ser
tão negligenciada.
Aí, aqui, pobres dos que não
têm dinheiro.
Bj/Irene

Adriana Karnal disse...

é mesmo marcante...a vida insiste.

Juan Moravagine Carneiro disse...

Tão forte e intensa em sua simplicidade e beleza...

belíssimo

beijos

Felicidade Clandestina disse...

Que linda =]

Tania regina Contreiras disse...

Beijão, Fouad...Sim, milages existem.
Obrigada pela presença por aqui.

Tania regina Contreiras disse...

Oi, Gerana, uma foto e tanto mesmo. Ruy é muito sensível.
Beijo

Tania regina Contreiras disse...

Marquinho, já vi também uma árvore nascendo da pedra...A Natureza é um grande poema, com seus versos arrebatadores.
Beijo pa ti...

Tania regina Contreiras disse...

Oi, Irene...é verdade, independe do lugar, os necessitados são sempre os necessitados.
Beijão

Tania regina Contreiras disse...

Obrigada, Juan pela sua presença.
Beijo grande!

Tania regina Contreiras disse...

Adriana, sim, a vida se impõe...explode sempre.
Beijos

Tania regina Contreiras disse...

Olá, Felicidade Clandestina: obrigada pela visita ao Roxo...
Beijos,
Tânia

Neuzza Pinhero disse...

Tania

a gente se comove, se arrepia,
sente vontade de brotar.
muito grata por visitar meu Spirituals
grande abraço!

PS: minha terceira violeteira produziu três flores este ano